20 de junho de 2020

Retrato Concreto. O capitão PM Novaes e sua trajetória profissional


O quadro: Retrato Concreto reaparece para falar de mais uma personalidade de Feira de Santana. Desta vez, nós procuramos o capitão PM Novaes, chefe da Corregedoria Setorial da 66ª CIPM.

O oficial da PM já esteve presente neste quadro, ano passado, mas, para falar sobre futebol. Desta vez, vamos deixar chegar ao conhecimento do público um pouco do profissional e do ser humano, Sr. Josenilson de Jesus Novaes.

Nascido na cidade de Feira de Santana, motivado por melhoras de emprego, ingressou na Policia Militar como Soldado, e galgou, gradativamente, as graduações de 3º Sargento, 1º sargento e Subtenente PM; alcançando o oficialato no ano de 2011 no posto de 1º tenente PM, atualmente ostenta o posto de Capitão PM, servindo na 66ª Companhia independente de Policia Militar.

Formado na 1ª turma de 1988, no Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças (CFAP), trabalhou em várias unidades, a exemplo dos antigos batalhões do 2º BPM/Ilhéus; 7º BPM/Barbalho-SSa; 10º BPM/Barreiras; e 1º BPM/FSa (atual 1º BEIC), onde trabalhou em todas as companhias orgânicas.



Antes de ingressar na carreira policial militar, trabalhou como motorista de empresa privada. Possui conhecimentos em eletricidade de automóveis, e mecânica de motores Volkswagen. É professor de história, licenciado pela UEFS, e pós graduado em direito militar pela Unicam.


O Fato Concreto perguntou ao capitão Novaes, qual conselho daria à juventude. O oficial; pai de 5 filhos, respondeu: “Leiam o texto de Guiomar Grammon; LER DEVIA SER PROIBIDO, 


PODERÁ LER TAMBÉM: Capitão Novaes, sobre o Campeonato Brasileiro 2019,



Nenhum comentário:

Postar um comentário

NÃO SERÃO ACEITOS COMENTÁRIOS DEPRECIATIVOS, DESRESPEITOSOS E EM DESACORDO COM AS LEIS VIGENTES.